Casa Sueli Carneiro
Programação

Especial – Festa de aniversário de Sueli Carneiro

24 de junho
19h

O evento será uma grande celebração em homenagem aos 72 anos da filósofa e ativista Sueli Carneiro trazendo uma programação especial:

– Lançamento do livro “Mulheres que gingam”, de Rosangela Janja Costa Araújo

– roda de capoeira com a Orquestra Nzinga de berimbaus 

– show de samba com Tião Carvalho

Rosangela Janja Costa Araújo

Professora do Departamento de Estudos de Gênero e Feminismo da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal da Bahia/UFBA. Graduada em História pela Universidade Federal da Bahia/UFBA, possui Mestrado e Doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo/USP e Pós-Doutorado em Ciências Sociais pala PUC/SP. É Líder do Grupo de Pesquisa NEIM-Gênero, Arte e Cultura (UFBACNPq) e pesquisadora do A Cor da Bahia – Programa de Pesquisa e Formação em Relações Raciais, Cultura e Identidade Negra na Bahia (UFBA). Tem trabalhos na interface dos estudos sobre gênero, raça, cultura e desenvolvimento. Também desenvolve pesquisas sobre ações afirmativas em educação e cultura afro-brasileira com foco nos estudos sobre capoeira, cultura e religiões de matrizes africanas. Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo (PPGNEIM) e do Doutorado em Difusão do Conhecimento/DMMDC-UFBA. Mestra de Capoeira Angola, é co-fundadora e coordenadora do Instituto Nzinga e Estudos da Capoeira Angola e Tradições Educativas Banto no Brasil/INCAB.

Orquestra Nzinga de Berimbaus

Criada em 1999 pelo Grupo Nzinga de Capoeira Angola, a Orquestra surgiu da necessidade de transformar em espetáculo um trabalho ligado ao cultivo do universo musical da capoeira. Seu objetivo é divulgar o berimbau, sua origem africana, sua ligação com as manifestações do povo negro no Brasil e suas possibilidades de execução, a partir de toques que se fizeram tradicionais por seu uso dentro do ritual da capoeira e do samba de roda.

Mestre Tião Carvalho

Nascido em Cururupu, interior do Maranhão, cresceu imerso nas festividades populares, como Tambor de Crioula, Capoeira, Bumba Meu Boi, Samba de Roda, entre outras. É cantor, compositor, educador, capoeirista, pesquisador e um dos principais representantes das tradições maranhenses em São Paulo. Atua, há mais de 40 anos, difundindo a cultura popular brasileira e disseminando estes conhecimentos para diferentes públicos, dentro e fora do Brasil.

Local: Instituto Nzinga

Endereço: Av Corifeu de A. Marques, 1662 – Butantã / São Paulo

Compartilhar